NOTÍCIAS
19 fevereiro 2021

AÇÃO SOLIDÁRIA “COZINHAR POR UMA BOA CAUSA”

O prolongamento do estado de emergência e do atual período de confinamento veio agravar as condições de vida de muitas famílias e, muitas delas, estão a passar sérias dificuldades. A par desta já difícil situação, muitos dos parceiros da Refood estão, atualmente, encerrados e, também eles, vivem momentos de enorme dificuldade não podendo contribuir, como de costume, para apoiar as famílias acompanhadas pela Refood.

Assim e no seguimento da ação realizada no Natal, a Federação de Desportos de Inverno de Portugal, o Moto Clube da Covilhã Lobos da Neve, a Resiestrela e o Lions Clube da Covilhã desafiaram a Vorwerk Portugal, representante dos equipamentos de cozinha Bimby para, em conjunto, levar a cabo uma ação que denominaram “Cozinhar por uma ” e que contará com a Refood e a UBICap – Centro Académico Pastoral como entidades beneficiárias.

Apelando primeiramente aos proprietários de equipamentos de cozinha Bimby, mas aberto a toda a população, a ação vai desenvolver-se ao longo dos domingos da Quaresma e vai desafiar os clientes Bimby (e todos os outros que entretanto se queiram juntar) a confecionar uma refeição para duas pessoas, todos os domingos, sendo posteriormente recolhida por elementos dos Lobos da Neve e da FDI-Portugal e entregue nas instalações da Refood e do UBICap.

O objetivo é conseguir juntar o maior número de pessoas que se queiram disponibilizar a confecionar, em suas casas, uma refeição com um custo de produção relativamente baixo, para assim poderem ajudar uma família que esteja, nesta altura difícil, a passar por um período menos bom.

Mais uma vez e tal como no Natal, as entidades organizadoras, apelam ao espírito solidário de cada Covilhanense para que possam, em família e nas suas casas, ajudar quem mais precisa.

23 junho 2021

Resiestrela dinamiza concurso denominado “Jovens e o Ambiente”, destinado aos ATL - Atividades de tempos livres dinamizados nos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso.

Esta concurso, tem como objetivo valorizar as aptidões artísticas dos jovens, promover o debate sobre o tema da reciclagem e contribuir para o esclarecimento de dúvidas sobre a separação dos resíduos recicláveis, através da realização de vídeos com a temática do ambiente/reciclagem, que serão publicados e votados no Facebook da Resiestrela

Apesar de todos os constrangimentos provocados pela Pandemia Covid19, a Resiestrela reconhece a importância de se implementarem ações de comunicação que incentivem os jovens a participar em ações promovidas pela Resiestrela, sem colocar a saúde e a segurança dos mesmos em risco.

Com a participação das Atividades de Tempos Livres, promovidos pelos Municípios, escolas ou por entidades particulares. Este concurso, vai proporcionar vários momentos divertidos a crianças e jovens, para que se possam abstrair do problema que nos assola neste momento.

 A dinâmica da ação vai ser desenvolvida da seguinte forma:

Destinatários: Atividades de Tempos Livres, promovidos pelos Municípios,escolas ou entidades particulares, dos 14 Municípios da área de abrangência da Resiestrela.

Tipologia: vídeo com a temática Ambiente/Reciclagem.

Inscrições: enviar o Formulário de Inscrição, para comunicacao@resiestrela.pt, até dia 06 de julho de 2021.

Receção dos trabalhos: os vídeos devem ser enviados até o dia 15 de julho de 2021.

Seleção dos Trabalhos / Prémios: os vídeos a concurso serão publicados e votados na página do Facebook da Resiestrela (22 a 30 de julho de 2021). O vencedor será anunciado nas redes sociais no dia 04 de agosto de 2021.

Prémio: O vídeo vencedor receberá como prémio T-shirts “O FUTURO DO PLANETA NÃO É RECICLAVEL”, Tatuagens “O FUTURO DO PLANETA NÃO É RECICLAVEL” e Folhetos e autocolantes com as regras da separação dos resíduos.

12 maio 2021

A Resiestrela - Gestão, Valorização e Tratamento dos Resíduos Urbanos nos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso é parceira local da Universidade da Beira Interior, no âmbito do projeto UNITA.

 

A Universitas Montium (UNITA) é uma aliança de universidades, criada oficialmente no dia 6 de novembro de 2020, data do kick off meeting, e é um dos projetos apoiados pela Comissão Europeia com o objetivo de modernizar o Ensino Superior da União Europeia.

Esta aliança, que agrega cerca de 165.000 estudantes e 13.000 colaboradores, é composta por seis instituições de ensino superior de cinco países: Università Degli Studi di Torino (UNITO) - Itália, que líder da candidatura, Universidade da Beira Interior (UBI) - Portugal, Université de Pau et des Pays de L'Adour (UPPA) - França, Université Savoie Mont-Blanc (USMB) - França, Universitatea de Vest din Timisoara (UVT) - Roménia e Universidade de Zaragoza (UNIZAR) - Espanha.

Os objetivos gerais da UNITA, estão assentes em três eixos estratégicos - economia circular, energias renováveis ​​e capacidade cultural, que podem ser resumidos nos pontos seguintes:

 

  • Construir excelentes alianças transnacionais de universidades, explorando didáticas inovadoras cocriadas por estudantes, colaboradores e atores locais, com uma visão de longo prazo e impacto transformacional nos sistemas de educação;
  • Colocar como universidades no centro de desenvolvimento cultural e económico dos seus ecossistemas locais, como desigualdades entre as regiões centrais e periféricas por meio da sustentabilidade e do desenvolvimento de áreas rurais e montas;
  • Promover a cidadania, identidade e os valores e europeus;
  • Construir uma área europeia de educação para promover uma transição digital e verde;
  • Promover políticas de inclusão a todos os níveis;
  • Aumentar a atratividade das instituições de ensino;

Assim sendo, a Resiestrela contribuirá com sua experiência local e pelas ações diretas relacionadas com a gestão de resíduos, de uma forma sustentável.

Como referência social e ambiental nesta região, a Resiestrela tem como objetivo impulsionar processos inovadores e de criação de valor, através de diversas infraestruturas de apoio, nomeadamente: Aterro Sanitário, centrais de triagem, centrais de recuperação de energia, centrais de tratamento de resíduos mecânicos e biológicos, ecocentros e estações de transferência de resíduos.

Estas infraestruturas. A produção de energia elétrica a partir de resíduos sólidos, que é canalizada para a Rede Elétrica Nacional; encaminhamento para reciclagem de resíduos de embalagens de plástico / metal, papel / cartão e vidro; e produz fertilizantes orgânicos (produção agrícola) a partir de compostos, que podem ser ciência ao solo.

Com este projeto, a Resiestrela vai ter a oportunidade de impulsionar o seu networking de forma a incrementar as suas ações futuras, introduzir conceitos e tecnologias ao uso racional da energia.

184
HABITANTES
MIL
14
MUNICÍPIOS
18
INSTALAÇÕES
76
RESÍDUOS TRATADOS E VALORIZADOS
MIL TONELADAS
7,8
RESÍDUOS RECICLADOS
MIL TONELADAS
262
CORRETIVOS ORGÂNICOS PRODUZIDOS
TONELADAS
5
ENERGIA PRODUZIDA
GWH/ANO
RECYCLE BINGO O JOGO MAIS AMIGO DO AMBIENTE
Ecopontos e Ecocentros Reciclar Sempre, Tudo e em Todo o Lado
6,2 Milhões
Habitantes abrangidos