Resiestrela distinguida pela ERSAR nos prémios “Qualidade de Serviços”

Fundão, 04 de Maio de 2015 – A RESIESTRELA S.A, a empresa responsável pela gestão do Sistema Multimunicipal de Triagem, Recolha Seletiva, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos da Cova da Beira, foi nomeada para o “Prémio de Qualidade de Serviços de Águas e Resíduos 2014 ”, no tema “Minimização da deposição de resíduos em aterro”, numa iniciativa conjunta da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR) e do Jornal Água&Ambiente.

Desde 2006, tem sido mantida uma parceria entre a Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR) e do Jornal Água&Ambiente, com a colaboração da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), da Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), da Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH) e do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), que pretende contribuir para a melhoria, entre outros, da qualidade dos serviços de gestão de resíduos sólidos urbanos, através da atribuição anual dos “Prémio de Qualidade de Serviços de Águas e Resíduos”, divulgando casos portugueses de excelência. Desde 2014 são nomeadas até três entidades para o Prémio, o qual é atribuído anualmente, sendo a decisão anunciada em cerimónia pública no âmbito do evento “Fórum Nacional dos Resíduos” promovido anualmente pelo do Jornal Água&Ambiente.

Neste contexto, RESIESTRELA foi nomeada para o “Prémio de Qualidade de Serviços de Águas e Resíduos 2014 ”, no tema “Minimização da deposição de resíduos em aterro”, conjuntamente com as empresas LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto e VALNOR – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, justificando-se a nomeação, de acordo com o júri do Prémio, pela “sua evolução muito positiva e bons resultados obtidos na minimização de deposição de resíduos em aterro, em particular ao nível da deposição directa”. O júri salientou ainda que “estes resultados são especialmente relevantes num contexto geográfico, demográfico e sócio-económico complexo”.

No passado dia 23 de Abril, no decurso do 9º Fórum Nacional de Resíduos que se realizou em Lisboa, e que contou com a presença dos membros do Conselho de Administração da RESIESTRELA, foi anunciada a atribuição do prémio à empresa LIPOR.
“Ainda que a RESIESTRELA não tenha sido galardoada com o prémio, a simples nomeação da empresa no universo dos 28 Sistemas de Gestão de Resíduos a nível nacional constitui um motivo de grande orgulho para nós, revela o acerto nas opções estratégicas que têm vindo a ser prosseguidas pela empresa no que respeita ao respectivo modelo de actividade, bem o empenho quotidiano de todos os trabalhadores, o apoio dos acionistas e a confiança das instituições com as quais a empresa se relaciona, os municípios utilizadores e as populações da Cova da Beira e da Beira Interior Norte”, referiu Carlos Pais, Administrador-Delegado da empresa, no final da cerimónia. “Não deixo de salientar que os outros dois nomeados, a VALNOR, cujos membros do Conselho de Administração representantes da Holding EGF coincidem com os da RESIESTRELA, e a LIPOR, são empresas com créditos longamente firmados e assinaláveis exemplos de boas práticas na gestão de resíduos sólidos urbanos em Portugal, pelo que estar ao lado e ser comparado com as mesmas na atribuição deste prémio constitui um assinalável êxito para a RESIESTRELA, e encoraja-nos para afincadamente continuar o trabalho que temos prosseguido. Deixo finalmente uma palavra de agradecimento à ERSAR e ao Jornal Água&Ambiente pela dinamização desta feliz iniciativa, e obviamente os parabéns da Resiestrela aos nossos colegas da LIPOR pela conquista do prémio”, salientou ainda Carlos Pais.



Imagens